O estranho perigo dos livros mágicos da biblioteca de Kamar-Taj

O excelente filme do Doutor Estranho me deixou inseguro, não devido à ameaça de Kaecilius ou Dormammu, mas por conta dos riscos de se praticar feitiços a partir dos ensinamentos de livros mágicos mal desenvolvidos para seu consumo por feiticeiros e seus aprendizes, à luz do Código de Defesa do Consumidor.

Anúncios