Saruman e o Direito

O 1º post do Superjuídico apresenta o trabalho de Amanda Muniz Oliveira. Valendo-se da interdisciplinaridade entre Direito e Literatura, a autora realiza um belíssimo paralelo entre o Direito e o mago Saruman, personagem da obra literária O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien: ambos justificam suas existências e atos com a finalidade de pacificação social dos conflitos. Entretanto, por vezes, sob o pretexto de defesa do bem comum, legitimam diversas injustiças.

Anúncios